Somos únicos


Entre tantas palavras tortas e músicas sem sentido, eu costumava compreender o que existia dentro de mim. De um tempo pra cá, tudo mudou. Não sei desde quando comecei a desacreditar em certo sentimentos e não confiar em alguns sorrisos. Mas, isso tudo realmente me fez entender muitas coisas.

As pessoas focam mais em "status", deixam de lado o verdadeiro e costumam passear com o artificial. Trocam de opinião, na mesma velocidade que trocam de roupa, de gosto, de estilo, de "amor". Hoje, tudo parece mais uma cópia. Uma cópia do "casal perfeito", da "garota incrível", do "filho exemplo". Esqueceram que todos nós somos recheados de defeitos, de mudanças e o mais importante, somos únicos.

Nunca gostei de seguir moda, ter um só grupo de amigos e de sempre viver no mundo da lua. Preferi sempre ter os pés no chão, mas não deixo de viver meus sonhos, porém os mantenho em segredo, porquê daqui uns dias, até eles, nossos sonhos serão motivos de cópias.

Sempre gostei de ir, sem ter pressa pra voltar. Preferia uma noite sozinha, do que uma madrugada cheia de "amigos de momento". Registrei cada caminho que passei, descrevi cada sentimento que senti e guardei cada sincero amigo que ganhei. Mas, tudo muda e eu também mudei. 

Hoje, prefiro guardar tudo pra mim e só dividir com quem eu realmente tenho certeza que vai conseguir guardar também. Nada de muitos amigos, prefiro poucos, porém sinceros. Nada de um amor eterno, prefiro uma paixão que me inspire todos os dias. Nada de um humor só, prefiro ter vários para não me tornar clichê. Nada de lembranças tristes, quero escrever uma história baseada em alegrias. Agora, vou trocar a canção, a página do livro, a cor da letra. Mas, jamais vou deixar de ser eu, pra ser você.
Comentários
22 Comentários

22 comentários:

  1. Sem comentários... você expressou a maioria!
    *-*www.semprecontrariada.com*-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que consegui isso Jessica. :)

      Excluir
  2. Suas palavras bem sinceras.
    Tbm sou de poucos amigos, sabemos identificar os verdadeiros. Bjos

    www.lutandopeloideal.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os verdadeiros já nos bastam, não é mesmo?

      Beijão ;*

      Excluir
  3. Gosto da tua forma de escrever.

    ResponderExcluir
  4. Concordo Ju, as pessoas realmente perderam a sua essência, tudo é uma cópia, mais nada é real e unico. Beijão <3

    @keithpappen
    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruim isso né Keith?
      Mas, eu ainda acho que as coisas vão voltar ao normal um dia.

      Beijão! ♥

      Excluir
  5. Por que a gente não precisa de muita coisa pra ser feliz. Simples assim!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Lindas e sábias palavras.

    Hoje, infelizmente as pessoas querem ser o que não são, buscando sempre ser igual aos outro.

    Ju, postei o segundo parágrafo na minha página no face.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é bem isso Lu, as pessoas perderam a própria essência.
      Ah, que bom, vou ver então.

      Beijos!

      Excluir
  7. Muito lindo seu texto, Juliane! Parabéns, viu?
    Você escreve muito bem e disse muitas coisas verdadeiras!
    Adorei !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que tenha gostado Dayanne.
      Infelizmente as coisas acontecem assim né?

      Excluir
  8. Como é bom ler-te novamente.. Estas tuas palavras belas e inspiradoras. Grande beijo, que teu 2013 seja belíssimo como tudo que escreve! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anaaaaaaaa, como é bom ter você por aqui.
      Te digo o mesmo, que este ano seja glorioso.
      Saudades dos teus textos.

      Beijão ♥

      Excluir
  9. ~ Karlinhá25/01/2013 04:38

    Ainda bem que somos únicos, né?

    ResponderExcluir
  10. Ju, você que escreveu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Vivi, todos os posts são de minha autoria. *-*

      Excluir
  11. Sabe, eu também não gosto de seguir moda, de ouvir o que todo mundo ouve, pensar como todo mundo pensa. Eu sempre quis ser diferente, viver do meu jeito e não copiar ninguém. E a consequência disso é ser apontada por todos como a "diferente", a "difícil de agradar". Não me importo. Sei que sou feliz do jeito que eu sou, e é isso que importa pra mim...

    Ju, te marquei numa tag no meu blog, se quiser participar dê uma passadinha por lá, viu?
    Beijos!
    http://lonellygirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Apenas me identifiquei muito, hehe ♥

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo.
Mas não esqueça, aceito suas palavras se você aceitar as minhas.

Att. Juliane Bastos


Designer por Juliane Bastos e Pâmella Ferracini exclusivamente aos 3 anos do blog.