Velhas páginas


Entre as tantas páginas, existiam vida
Um vida livre, atraente, empolgante.
Entre cada capítulo, existia um amor.
Um amor rude, forte, contagiante.

As velhas folhas eram repletas de esperança
Esperança de sentimento, de paz, de perdão.
Inundavam querer, sentir e doar.
Uma forma de não aceitar a solidão.

O deixar de um sonho, o esquecer do que foi
Nunca é fácil rascunhar desejos e planos.
Mas a vida tem que seguir seu ritmo, seu ciclo
Por um tempo talvez perdido entre anos.

Nas velhas páginas o ponto final se fez
E quem sabe a história tenha continuação,
O que ontem era felicidade, hoje é lembrança
No meu, no teu coração.



Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Já viu as promoções que estão rolando no blog O Leitor?
    Ainda não?
    Pois corra. Uma delas é o TOP COMENTARISTA, válido até 30 de junho!
    A outra é o DIA DOS NAMORADOS LITERÁRIO, onde você concorre e pode ganhar um dos cinco livros ou um kit de marcadores.
    Tá esperando o que?
    Participe!

    Espero você lá,


    Pamela
    resenhista do blog O Leitor.

    ResponderExcluir
  2. Lindo de mais o texto amei.

    Beijos

    blogdagi1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que lindo texto... lindas palavras.

    http://justpaulablog.blogspot.com.br/
    @justpaulla

    ResponderExcluir
  4. Vc tem um grande talento para poemas! Mt lindo! bjs, Stardolleiras

    ResponderExcluir
  5. Quando fui lendo o poema foi imaginando os livros que li... São tantas as páginas que falam de amor, mas será que eu vivo realmente esse amo que todos falam que existe?

    Lindo poema, Jú.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Lindas palavras! Amei *-*


    http://devaneiointeligente.blogspot.com.br/
    Devaneio Inteligente: Futebol, inspiração, unhas e mais.
    ☮&♡

    ResponderExcluir
  7. As lembranças sempre ficam, de um amor, de um sonho, não importa, elas sempre estão ali pertinho da gente.
    Lindo post!


    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que doce, Ju.
    As páginas de um livro sempre podem ser continuadas quando as mesmas nos fazem bem.

    Beijos, amei o poema.

    http://luzia-medeiros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A vida é um livro,onde cada nos possibilita escrever mais uma página,as pontuações acompanham cada um dos nossos caminhos.
    abraço,=)

    ResponderExcluir
  10. Sweetie u are so sweet! Can we follow each other? Kisses from Romania!

    FashionSpot.ro

    ResponderExcluir
  11. Belas palavras, achei incrível a metáfora que você usou.

    ResponderExcluir
  12. Que lindo , seus textos.Parabéns
    M. Fernanda

    ResponderExcluir
  13. Um amor de verdade nunca é esquecido, mas sim curado da necessidade de ter sempre por perto. As lembranças boas ficam e isso é muito bom *-* Lindo texto, sua diva! *-*

    Beijos,
    Monique <3

    ResponderExcluir
  14. Oi linda!
    Sério, seu blog é muito perfeito!
    Nunca imaginei ver um blog tão lindo assim, haha'.. Bem, estou seguindo, pode me seguir de volta?
    Bem, só prescisa seguir se quiser, tá certo?

    www.lincymods.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Eita, mais um texto incrível Ju*-*
    Cada dia é uma página diferente, e aos poucos o livro vai ficando completo. Histórias são escritas, terminadas, para que outras possam ser escritas. O bom é que tudo isso vira lembrança, e quando a saudade bater podemos folear as páginas e matar a saudade.
    Beiijos:)
    http://cartasp-voce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Cara autora. As páginas da vida são escritas conforme ditamos ao escritor. Ditemos palávras belas e sábias e as teremos em nossa vida. Nossas páginas possuem 24h, no momento da transição a escuridão de um sonho. Não amasse suas páginas ao muda-las, cuide delas pois um dia elas foram a sua história. Aproveite as páginas em branco, e não se esqueça, nessas páginas não temos a chance de apagar um erro, mas sempre de reexplicar e tentar corrigir, porém para isso necessitamos de várias páginas novas, e o livro da vida vai ficando maior, mais pesado e mais completo. Apesar de seu texto ter sido breve, parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Tudo é feito de páginas, inclusive a vida. Nela você encontra todos os sentimentos inclusive o amor, sempre o amor. A cada escrita que fazemos, a cada página preenchida algo fica para trás, e o que resta é apenas lembrança daquelas palavras e elas, as lembranças, sempre ficam guardadas nos corações seja do escritor ou dos personagens daquela história.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo.
Mas não esqueça, aceito suas palavras se você aceitar as minhas.

Att. Juliane Bastos


Designer por Juliane Bastos e Pâmella Ferracini exclusivamente aos 3 anos do blog.