Deixei

Tumblr_lcipweokcx1qef5huo1_500_large_large

"Chega um momento que o desapego é mais do que um bom pedido, é uma necessidade."

Deixei ir embora todos os pensamentos que não influenciavam uma boa convivência comigo mesma. Deixei partir todas as dores que já senti, mas infelizmente as cicatrizes sempre me acompanharão. Deixei de lado todas as pessoas que não se importam comigo e passei a caminhar lado a lado com aquelas que precisam de mim e daquelas que eu preciso.

Baixei o som, deixei de escutar algumas músicas, rasguei algumas cartas e fiz uma limpeza no velho baú das recordações. Eu sei que alguns momentos estão arquivados no meu pensamento e que por mais que eu tente, eles não se sairão de lá. Mas, achei necessidade tentar pelo menos deixar partir tudo aquilo que não me faz bem aos olhos.

Deixei as mágoas se transformarem em afeto e comecei a cuidar mais de mim. Deixei de acreditar no que os outros viram e comecei a acreditar só nos fatos reais. Deixei que a saudade ficasse, por um bom tempo, ou quem sabe pra sempre.

Conheci novas pessoas, preservei algumas amizades e descartei aquelas que não me proporcionaram orgulho e confiança. Por mais que as pessoas tentam, às vezes elas acabam errando querendo acertar e por isso não excluí ninguém da minha vida, apenas me afastei.

Deixei pra trás uma boa história, digna de ser lida e acabei de começar uma nova. Deixei bem claro que eu quero paz. Paz no meu pensamento, no meu coração, no meu caminho. Deixei escrito em letras legíveis em um lugar especial: "Eu me desapego na mesma velocidade que me apego. O fato de ser rápido ou não, depende da pessoa, do momento, de mim."

Algumas pessoas ainda enrugam a testa querendo me entender, algumas já conseguiram, outras desistiram. Sei que sou um ser um tanto difícil de ser compreendido. Mas acreditem, acordo todo o dia disposta a entender a mim mesma e até hoje não cheguei a uma conclusão.

Deixei o ontem ir, se ele deixasse algumas lembranças.
Deixei o hoje chegar, se ele me garantisse que seria diferente.
Deixei o amanhã no lugar que está, pois não sei se o encontrarei.



Comentários
18 Comentários

18 comentários:

  1. Lindo o texto, belas palavras! Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju, vim te agradecer pela visita e comentário no meu blog, fiquei muito feliz!
    Deixa eu te falar que fico encantada com a forma como vc escreve. Eu costumo falar, que tecer palavras é um dom e vc tem esse dom. Parabéns!!! Bjs e volte sempre!

    http://myway-mw.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa quase chorei! Muito lindo!

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo e inspirador , e quase chorei também , rs .
    E concordo com o trecho de que "muitas pessoas ainda enrugam a testa querendo me entender" eu spu maluca , rs .

    new post >> heartcake-hc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto...

    http://renata-diariodeumaadolecente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ual que texto lindo, parabéns

    http://prefiroserrainha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muito fofo seu blog, amei, bjs, Gabii.

    www.girlsteensgn.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ultimamente também tenho tentado mudar. É muito difícil, algumas coisas realmente não não saem do pensamento, da memória. Finalmente comecei a correr atrás da felicidade. O que me deixa com medo é o fato de eu estar já muito afetado e destruído. Não sei se posso aguentar essa nova realidade, onde pessoas gostam de mim.

    ResponderExcluir
  9. Adorei, perfeito!
    http://fazdecontatxt.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amei o texto Ju!!
    A parte em que tu fala que não excluiu ninguém da tua vida, só se afastou é muito a minha cara nesse momento.
    Beiijos:)
    http://cartasp-voce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nossa o.o Que texto lindo *o*

    http://eduardaweber.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Lindíssimo texto, acho que não tem muito o que dizer. Somos uma incógnita ambulante, eu pelo menos não me entendo. As vezes o nescessário é simplesmente esquecer de si mesmo por um momento, por que quando você for lembrar, descobre coisas a muito esquecidas.
    Ler ao som de Coldplay ficou incrível haha *-*
    Saudades daqui também Juh, volto mais vezes *0*
    beeijos

    ResponderExcluir
  13. Ju, esse texto ficou incrível (como se os outros não fossem, rs). Ele me inspirou de uma forma tão profunda, talvez por estar passando por uma etapa similar a sua. Obrigado ;)

    ResponderExcluir
  14. Jú, lendo o teu texto lembrei de um poema do Carlos Drummond de Andrade chamada Faxina na alma. Acho que depois que tu ler ele tu vai ser sentir bem...

    Não vou escrever nada a respeito do texto porque ele é tão profundo, parece um grito da alma, um desabafo guardado por muito tempo esperando o momento certo para sair...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Aiiin que saudade que eu tava desse cantinho,passar por aqui e ler suas palavras sempre me fazem bem. bjs

    ResponderExcluir
  16. Depois de quase uma década, cá vem a Minoca ler este texto. Já era hora não é mesmo? E como foi bom ler, como tuas palavras me encantam a cada dia. Você é incrível e sou tua fã número 1, já disse isso.

    Você começou o texto de forma incrível, na vida existe essa necessidade, vamos desapegar, vamos nos afastar, é algo que deve ser aceito para que haja vida.

    Coisas são deixadas para trás, coisas que podemos está apegadas mas não tem mais tanta importância, não completa.. seja sentimento ou pessoas. Marcas ficarão mas devemos abrir mão do que não tem mais como ocupar um espaço na nossa vida, renovar-se.

    Sempre existirá algo que irá permanecer em nós, mas talvez longe dos olhos ele fique guardado lá no fundo do peito, afinal o que está em nosso coração, oque marcou não sai nunca, podemos evitar mas jamais apagar.

    Como é bom transformar sentimentos, tirar algo ruim e por no lugar algo que nos orgulhe. É ótimo cuidar de nós mesmo e crer apenas mo que é comprovado, creio que menos sofrimento teríamos.

    Sentimentos quando permanecem é bom, por mais amargo que pareça ser, a saudade adoça uma vida, mostra que algo no passado valeu apena e foi maravilhoso ter vivido.

    Pessoas são seres complexos, nada vida é fundamental qualidade do que quantidade. Sempre acho que os verdadeiros devem permancer, pessoas que ocupam apenas um título de amigo não valem apena ter por perto, deve tá do lado aqueles que ajudam a construir uma história.

    Chega um momento que o livro deve ser fechado e um novo surgir, cheio de paz, cheio de novas linhas e com abertura para algo novo, que nunca existiu. Na velocidade certa para ser belo.

    Ser humado não pode ser compreendido por completo nem por si mesmo, afinal, ele é repleto de sentimento, sensações e isso não tem como explicar. É incompreensível e que deve ser apenas aceito e amado, com suas próprias dúvidas a respeito de si mesmo.

    O ontem deve ser passado, devemos viver o hoje como se não houvesse amanhã. Essa é a lei da vida.

    Lindo, emocionante, encantador, bem Juliane. Que tuas decisões de deixar coisas, momentos e pessoas para trás, te traga um futuro belo, novo e feliz, és merecedora.

    ResponderExcluir
  17. Cara autora. Como "retorno" tomarei como foco a frase inicial que resume todo o contexto. Mudanças são necessáias em vários momentos da vida, ou enfrentamos de cabeça erguida ou deixamos vários momentos importantes passarem em branco, detalhes são os maiores culpados, eles não nos deixam mudar, detalhes são os maiores aliados, eles nos ajudam a perceber o todo a ser modificado, concorda? Apesar de teres utilizado muitas palavras para resumir um simples fato, parabéns.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo.
Mas não esqueça, aceito suas palavras se você aceitar as minhas.

Att. Juliane Bastos


Designer por Juliane Bastos e Pâmella Ferracini exclusivamente aos 3 anos do blog.