Hoje sozinha, amanhã também



Carlie estava certa que tudo que planejara por um tempo certo, acabava sendo interrompido, fosse por motivos quaisquer, sendo para ela nada dava certo. 
As vezes eu me perguntava o porque tudo dava tão errado para alguém com tanta vontade de viver. Minhas perguntas sem respostas atingiam o coração dela, que certamente tinham o que me responder. 
Ela acreditou por tanto tempo que sua vida estava da forma certa, que nunca notou os erros lhe fazendo companhia. Muito menos a falsidade, entrelaçada em seu pescoço.
Nunca tentou olhar pra frente, além da sua visão e mais ainda da sua imaginação. Isso para ela era inútil.
Viu-se cegamente envolvida por algo desejado por todas e o mais cruel, que desejava todas. 
Conselhos? Eram muitos. Mas nenhum que ela pudesse ser capaz de seguir. Arrependeu-se.
E o que será de sua vida? Qual página incompleta ela começara a escrever ?
Complicado? Para ela nenhum pouco, pois soube se acostumar com isso.
E quando lhe pergunto como ela está hoje, uma resposta vagarosamente flui entre seus lábios.
Carlie diz:
- Hoje? Sozinha. Amanhã? Também.
Esse é o destino que ela mesmo escolheu.
Comentários
18 Comentários

18 comentários:

  1. vou te seguir, amei aqui *-*

    ResponderExcluir
  2. 'Qual página incompleta ela começara a escrever ?'
    Liindo texto'
    meio triste, mais liindo *_*

    ResponderExcluir
  3. Te sigo a muito, muito tempo, mas nunca parei para ler seus textos, para pensar nas suas palavras e hoje falei "Ah deixa eu olhar vai..." e nossa me identifiquei com as suas palavras, tua escrita é muito boa, gostei e vou voltar a cada postagem sua agora rs.

    ResponderExcluir
  4. Perfeito*.*
    - Hoje? Sozinha. Amanhã? Também.
    Adorei ;*

    ResponderExcluir
  5. postagem linda , adorei . meio triste =/
    adorei o blog , tudo dele ! *-*

    ResponderExcluir
  6. Belo texto Juh :S E muito triste também :(

    Oops: Voc deixou uum comentario no meu blog que tinha um questionário pra mim aqui mas nem achei, depois me manda o link ?
    Beeijao :)

    ResponderExcluir
  7. Que lindooooooooooooooooooooooooooooo!
    Tudo aqui é perfeito. oO

    ResponderExcluir
  8. Lindo mesmo.
    Talvez seja em momentos como esse, quando nos damos conta das lacunas que existem na vida e que passam despercebidas, que encontramos forças para viver diferente, buscando o melhor.

    ResponderExcluir
  9. Gostei do texto, Juliane. Você foi bem profunda e triste rs Parabéns, está fazendo um ótimo trabalho ;)

    []'s

    ResponderExcluir
  10. Nossa...
    Que retrato mais lindo e suave!
    Uma delícia de se ler e sentir...

    parabéns!

    ;D

    ResponderExcluir
  11. Bem escrito seu texto, as vezes essa falta de esperança abala a todos nos.. Adorei a imagem!!.. Abraço

    ResponderExcluir
  12. você escreve bem, boas palavras, parabéns! =)
    visita e se quiser siga o meu blog http://garotaadolescenteestilosa.blogspot.com/
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. que triste!

    a solidão é mt ruim!

    ------

    SELO pra vc no blog! http://migre.me/3ImJY

    ResponderExcluir
  14. ''- Hoje? Sozinha. Amanhã? Também.'' Simplismente adorei, texto lindo me identifiquei muito. Estou seguindo, você escreve muito bem :) continue assim, blog lindo! Sucesso :*
    www.endlessloveby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá Ju!
    Não há como discordar de nehum dos comentários, o post é excelente.
    "Ela não notou os erros"...assim como nós muitas vezes não notamos os nossos, e seguimos, pensando que tudo esta bem, quando na verdade o rumo dos acontecidos nos mostram o contrario.
    Bjos no coração e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  16. Que história incrível. =O

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo.
Mas não esqueça, aceito suas palavras se você aceitar as minhas.

Att. Juliane Bastos


Designer por Juliane Bastos e Pâmella Ferracini exclusivamente aos 3 anos do blog.